340° e 341° dias – Puglia


Sabado, 9 da manha. Dia de viagem. Os tugas (Joao, Alexandre, Maria e a irma, Luisa, Margarida) e eu estavamos na Termini, pra alugar uma Fiat Ulysse, de 7 lugares, e andar rumo ao "salto" da bota no mapa italiano, mais conhecido (aqui) como a região da Puglia.

Saindo da Termini, pegamos a autoestrada A1 em direção a Napoli, e depois em direçao a Bari, primeiro destino. Quase 6 horas de viagem, paramos pro almoço e uma pequena caminhada pela cidade. Comi um Spaghetti alle Vongole (mariscos) que estava espetacular. Mas a cidade em si… nada de especial.

De volta ao carro, fomos para a cidade de Alberobello, uma cidade particular, com umas casinhas tipo as dos Smurfs… sensacional, precisam ver as fotos, porque eu nem sei explicar a historia daquilo, mas tinha casas ali do ano 1400, ainda inteirinhas!

A noite tocamos pra Lecce, extremo sul, onde jantamos (alias provei almondegas de carne de Cavalo como entrada e depois um bifao de Cavalo – coisa estranha eheheh, mas tinha que provar, é típico da região). Demos um giro pela cidade a noite, passamos num barzinho tbem… Pra dormir, fui conservador como o Alexandre e a Luisa, e resolvemos alugar um quarto num hotel, os outros resolveram a aventura e levaram o carro pra dormir na praia. Fiz bem, ate porque na segunda feira tinha que estar inteiro pro trabalho (meu chefe viajou e estou sozinho na empresa)…

No domingo acordamos ai pelas 11, tomamos cafe tranquilos e visitamos mais um pouco de Lecce. Depois de ver alguns cartoes postais resolvemos que tinhamos que ir pra praia (tinha um sol espetacular). Fomos pra Otranto mais sul ainda…um mar azul turquesa, maravilha. A agua eh que era um gelo… mas eh aquele tipo de mar rasinho e azul azul… tai em baixo…

De Otranto para o destino final, Matera, agora direçao norte, e ja no fim da tarde… Matera é a cidade onde foram filmadas cenas do filme Paixão de Cristo, do Mel Gibson, lembram? Tai…

Chegamos la no por do sol, e caminhamos pela cidade a noite. Comemos calzone numa pracinha e depois fomos pro carro… afinal estavamos ainda muito longe de Roma.

Tudo tranquilo pra chegar em Roma ai pelas 2:30 ou 3 da manha… Mas sabia que faltava uma "aventura"… ela veio quando recem entramos na periferia de Roma, depois de abastecer num posto no Gran Raccordo Anulare (estrada que circunda Roma). Saimos do posto e o carro começou a apitar… nao parava. Nenhuma luz acesa no painel. Nada. Voltamos ao posto pra saber se o cara tinha botado gasolina ou diesel. Jurou ele que botou diesel… tinhamos que acreditar.

Bom, o bip nao parava e ja estavamos ali a um tempao. Resolvemos andar com o carro bipando mesmo, e enquanto isso eu fiquei fuçando o manual de instruções do computador de bordo (chique o carrinho ha?) pra ver se descobria como desligar a merda do bip que ja tava estressando todo mundo. Eis que descubro como se desliga o bip: trocando o oleo do motor, que ja estava em nivel insuficiente. Beleza! E agora? No meio do nada… ainda faltando kilometros pra chegar em um lugar abitavel… Resolvemos tentar chegar ate a cidade, afinal, um alarme assim nao poderia dar problemas tao cedo… Nao da 5 minutos e começa aquele cheiro de oleo queimado… ooo beleza. Agora sim ficou divertido. O carro parado na Via Appia Nuova, quase 10 km de casa, nada perto. A solucao foi ligar pro serviço de atendimento ao viajante da Fiat, que graças a Deus funcionou. Em uns 40 minutos chegou o reboque… mostrei o painel do computador de bordo e resolvemos que era mais inteligente levar o carro de volta ao posto de gasolina e botar oleo. O procedimento certo seria ele rebocar o carro… mas se fizesse… como voltariamos pra casa, com as mochilas as 4 da manha??? Bem, foi isso… voltei ao posto batendo um papo com o motorista do reboque, e os tugas guinchados atras do caminhao, com as luzes amarelas piscando… botamos oleo e voltamos pra casa. Fui dormir as 5… pra acordar e ir trabalhar as 7 da manha…

Mas eh isso… tem que ter eh historia pra contar ne? Se nao fosse isso… o post teria ficado com a metade do tamanho… eheheheh… Mais de 2 mil quilometros percorridos, 5 rolos de fotografias batidos, muitas novas lembranças da Italia. Ou seja, cada vez melhor!

Information and Links

Join the fray by commenting, tracking what others have to say, or linking to it from your blog.


Other Posts

Write a Comment

Take a moment to comment and tell us what you think. Some basic HTML is allowed for formatting.

You must be logged in to post a comment. Click here to login.

Reader Comments

Be the first to leave a comment!